Publicidade

Árbitros de MMA são criticados nas redes após atuações no UFC Vegas e Bellator 274

Ambos os momentos foram por não interromper antes os combates, deixando os lutadores receberem golpes

O último fim de semana não foi dos melhores para a arbitragem de MMA, de um modo geral. Aconteceram dois grandes eventos nos Estados Unidos, o UFC Vegas 48 e o Bellator 274, que tiveram reclamações nas redes sociais sobre os árbitros. Em três lutas distintas, fãs e especialistas destacaram o fato de os árbitros não interromperem antes os combates, deixando os lutadores – visivelmente nocauteados – recebendo mais golpes.

Isso aconteceu no UFC Vegas 48 duas vezes. Primeiro, o árbitro Keith Peterson permitiu que Chad Skelly seguisse golpeando Mark Striegl no chão e ainda acabou, sem querer, levando um golpe quando foi interromper.


Já na luta principal do Ultimate, Jamahal Hill aplicou um “bomba” que nocauteou o brasileiro Johnny Walker, mas Jason Herzog ainda deixou o americano aplicar mais um golpe com o adversário sem qualquer reação.


No Bellator 274, Andrey Koreshkov colocou um chute rodado que atingiu em cheio Chance Recountre – e é possível ver que o americano cai nocauteado. Kevin MacDonald não interrompeu de imediato e o lutador sofreu diversos golpes. O chute provocou lesões no lutador, como costelas quebradas e problemas no pulmão e rim.


Para conferir mais notícias sobre MMA, clique aqui
Publicidade
Publicidade