Publicidade

Pupilo da família Machida, Bruno Souza vence no LFA 114 e conquista cinturão dos penas

A edição 114 do LFA, realizada na sexta-feira (27), em St. Louis, nos Estados Unidos, teve duas disputas de cinturão e com brasileiros envolvidos. Discípulo da tradicional família Machida, Bruno Souza teve uma reviravolta na luta e conquistou o título vago dos penas sobre Javier Garcia. Já João Camilo não teve a mesma sorte e acabou sendo derrotado por Charles Johnson, na disputa pelo cinturão interino dos moscas.

No primeiro round, Bruno passou um sufoco ao sofrer um knockdown e quase ser finalizado por Garcia – que chegou a encaixar um triângulo. No entanto, o brasileiro não se desesperou, manteve a concentração e passou a ditar o ritmo do combate. Controlando o centro do cage e mantendo a distância, o lutador foi conectando mais golpes que foram fundamentais para confirmar a vitória por decisão unânime dos jurados.

“Meu adversário me surpreendeu em alguns momentos, mas fico muito feliz com essa vitória. Ele é um cara perigoso, não consegui nocauteá-lo, mas consegui pontuar e sair com a vitória, e isso é o mais importante”, comentou o campeão Bruno, ainda no cage, que também aproveitou para pedir uma oportunidade no UFC.

João Camilo não conseguiu encontrar o seu jogo diante do campeão interino Charles Johnson. Na luta em pé, o adversário foi superior. Quando o brasileiro tentou derrubar, encontrou um oponente defendendo bem as quedas. No segundo round, o americano acelerou o ritmo e começou a trabalhar socos e cotoveladas no chão contra o brasileiro – que não mostrava reação e o árbitro encerrou, decretando o nocaute técnico.

CONFIRA OS RESULTADOS:

LFA 114
St. Louis, Estados Unidos
Sexta-feira, 27 de agosto de 2021

Card principal
Bruno Souza derrotou Javier Garcia por decisão unânime dos jurados
Charles Johnson derrotou João Camilo por nocaute técnico no R2
Jimmy Lawson derrotou Anthony Garrett por nocaute no R1
Joseph Holmes finalizou DeWayne Diggs com um mata-leão no R2
Ben Bennett derrotou Elmar Umarov por nocaute técnico no R2
William Starks finalizou Irfan Mulabitinovic com um mata-leão no R2

Card preliminar
Raheam Forest derrotou Colin Parr por nocaute no R1
Dan Moriarty derrotou Joey Scanian por nocaute técnico no R1
Ira Lukowsky derrotou Alex Macias por nocaute técnico no R1
Aaron Lake derrotou Josh Sutherlin por nocaute técnico no R1
Mervin Miller derrotou Terry Copling por decisão dividida dos jurados
Justin Richter derrotou Kris Lorenzo por decisão unânime dos jurados
Bill Smith finalizou Kendall Whited com uma chave de braço no R1

Publicidade
Publicidade