Publicidade

Velásquez foi preso após atirar contra homem acusado de molestar ‘100 vezes’ familiar do lutador; veja

Novos detalhes envolvendo a prisão de Cain Velásquez, ex-campeão peso-pesado do UFC, são revelados; confira mais detalhes

Preso na última segunda-feira (28), em San José, na Califórnia (EUA), por tentativa de homicídio, Cain Valásquez teve mais detalhes da sua prisão revelados na última terça-feira (1). Segundo informações do jornal “San José Mercury News”, o ex-campeão peso-pesado do UFC acabou sendo detido após atirar contra um carro que estava sendo ocupado por três indivíduos.

De acordo com a publicação, que reuniu documentos do tribunal e demais fontes adicionais, um dos indivíduos era um homem, que recentemente havia sido acusado de molestar uma parente próxima de Cain Velásquez. A identidade da possível vítima vem sendo preservada, tendo em vista que se trata de uma menor de idade.

Com 43 anos, Harry Eugene Goularte, morador de San Martin, na Califórnia (EUA), em uma creche que é administrada por sua mãe, é o homem acusado. Segundo informações do canal “NBC Bay Area”, através de documentos, o suposto abuso a parente próxima de Cain Velásquez pode ter ocorrido “100 vezes”. O acusado foi indiciado na última sexta-feira (25), sob a acusação de “ato indecente e lascivo com uma criança abaixo dos 14 anos”. O indivíduo, no entanto, acabou sendo liberado, mesmo com as contestações feitas pelo Ministério Público de Santa Clara.

De acordo com informações do “San José Mercury News”, o caso envolvendo Cain Velásquez aconteceu três dias após Harry Eugene Goularte ser liberado. Ainda segundo a publicação, o ex-lutador do UFC atirou contra um carro que tinha a presença do indivíduo e de mais duas pessoas. Um dos homens, que seria o padrasto de Harry, foi atingido, mas não corre riscos.

Vale ressaltar que Cain Velásquez tem audiência marcada para acontecer nesta quarta-feira (2). O ex-campeão peso-pesado do UFC está preso na Prisão Principal do Condado de Santa Clara, sem direito a fiança.

Americano de origem mexicana, Cain possui um cartel de 14 vitórias, sendo 12 delas por nocaute, e três derrotas no MMA profissional. Atualmente com 39 anos, Velásquez fez sua última luta nas artes marciais mistas em fevereiro de 2019, quando foi nocauteado por Francis Ngannou – atual campeão peso-pesado do UFC – em apenas 26 segundos de combate.

Para conferir mais notícias sobre Cain Velásquez, clique aqui
Publicidade
Publicidade