Publicidade

Campeão do Bellator abre mão de disputa de cinturão para seguir na guerra da Ucrânia

O campeão da organização está desde o início da invasão russa atuando para defender o próprio país

Escalado para enfrentar Michael Page no Bellator 281, dia 13 de maio, na arena de Wembley, em Londres (ING), Yaroslav Amosov abriu mão da disputa de título para seguir lutando na guerra da Ucrânia. O campeão da organização está desde o início da invasão russa, no fim de fevereiro, atuando para defender o próprio país.

A organização liderada por Scott Coker confirmou a saída de Amosov da disputa de título e deu respaldo ao lutador. Essa seria a primeira vez que o campeão colocaria o título dos meio-médios em jogo. O ucraniano de 28 anos, que está invicto como profissional de MMA, conquistou o posto ao derrotar o brasileiro Douglas Lima.

“Como o resto do mundo, ficamos chocados com os trágicos eventos na Ucrânia e os pensamentos de todos no Bellator estão com Yaroslav e todo o povo ucraniano durante esse período. Desejamos a ele e sua família o melhor e esperamos vê-lo retornar com segurança a tempos mais felizes, tanto dentro quanto fora do cage”, disse o presidente do Bellator, durante comunicado sobre a mudança de planos no show em solo britânico.

Sem o campeão Amosov, Page, estrela da franquia, vai encarar Logan Storley pelo título interino da categoria até 77kg. “MVP” vem de seis vitórias seguidas e apresenta um cartel de 20 vitórias e apenas uma derrota. Já o norte-americano bateu recentemente o brasileiro Neiman Gracie. No geral, tem 13 triunfos e um revés.

Para conferir mais notícias sobre Bellator, clique aqui
Publicidade
Publicidade