Publicidade

Coluna da Arte Suave: dicas essenciais aos faixas branca de Jiu-Jitsu em treinos com os graduados

Em seu novo artigo, o professor Luiz Dias deu importantes dicas direcionadas aos faixas-branca de Jiu-Jitsu; leia e saiba mais

* Sempre escrevemos sobre ajudar os alunos faixas branca no Jiu-Jitsu, quando estão no início de seu aprendizado. Mas também os alunos faixas branca têm de saber reconhecer, respeitar e agradecer quando lutadores graduados treinam e permitem que encaixem posições e façam raspagens para que possam treinar. 

Num treino aqui na minha academia, eu vi que um aluno faixa branca de Jiu-Jitsu estava lutando sem entender que o graduado estava devagar, lhe dando oportunidades para treinar. É preciso que entendam que não é propriamente uma luta, mas uma chance dos faixas branca iniciantes começarem a dar giro, fluir nas posições e transições. 

Por vezes muitos, não entendem que os graduados no Jiu-Jitsu cedem posições para que possam treinar e ajustar as técnicas que já aprenderam. Como professor, sempre explico isso aos faixas branca para que entendam e aproveitem o momento sem confundirem que estão dando uma blitz nos graduados. Ninguém nasce sabendo, e o aprendizado é contínuo. Cada um aprendendo no seu nível. 

Ensinar também é um bom treino de Jiu-Jitsu, porque te faz pensar na posição para poder explicar. Uma frase muito conhecida é: “o faixa preta é um faixa branca que não desistiu”, e isso reflete bem o que quero dizer. Todos nós começamos na faixa branca, que já é uma graduação. Só é faixa branca quem treina. Mas é preciso começar na faixa branca para chegar na faixa preta. 

Aos faixas branca de Jiu-Jitsu que lerem esse artigo, aproveitem os treinos com os graduados, tentem fazer posições. Creio que, nesse momento, não seja a hora certa de focar na finalização. Nesse início da caminhada, o importante é fixar as técnicas ensinadas pelo professor, praticar e experimentar. Finalizar ainda não é a hora. Quanto mais giro o faixa branca der, mais rápida será sua evolução. Ficar numa posição disputando apenas força, ao meu ver, é um treino perdido. 

Treine posições dentro do Jiu-Jitsu. O mais graduado defendeu, busque outra. Agradeça sempre quando um graduado te chamar para treinar, pois é uma boa chance para subir o nível do  seu treino. Quem não quer treinar com um faixa preta? Experimentar um ritmo mais puxado, atacar e defender. Então, aproveitem essas oportunidades e realmente treinem, perguntem como melhorar e o que fazer. Treinar é estudar, testar e ajustar. Porque onde não se pode errar é na hora de lutar num Campeonato ou num treino onde o seu oponente do seu nível quer se testar também. Aos faixas branca, aproveitem os treinos e bons treinos.

Para mais informações, veja www.instagram.com/luizdiasbjj/ ou entre em contato pelo e-mail geracao.artesuave@yahoo.com.br. Também conheça o www.geracaoartesuave.com.br/.

* Por Luiz Dias

Para conferir mais notícias sobre o Jiu-Jitsu, clique aqui 
Publicidade
Publicidade