Publicidade

Curitiba Open de Jiu-Jitsu tem destaque para Mica, Sabatha Laís, Pedro Alex e mais; veja

Uma das principais atrações do Curitiba Open foi a estreia de Mica Galvão como faixa-preta nos eventos da CBJJ

O fim de semana foi de muito Jiu-Jitsu em uma das principais capitais do país. Aconteceu ao longo do sábado (19) e domingo (20) o Curitiba Open, organizado pela CBJJ (Confederação Brasileira de Jiu-Jitsu). Grandes nomes da arte suave nacional estiveram presentes e brilharam nos tatames, nas competições Gi e No-Gi.

Na faixa-preta adulto, com quimono, Sabatha Laís foi ouro duplo. Após não ter adversárias nos meio-pesados, a atleta da R1NG BJJ venceu a multicampeã Fernanda Mazzelli na decisão do absoluto. A capixaba já tinha conquistado o título dos super-pesados ao fechar com Juliana Araújo, que é parceira de time na Striker JJ.


No masculino, Rafael Paganini (Dream Art) e Rider Zuchi (NS Brotherhood) fecharam a disputa do absoluto. Já nas divisões, Zuchi garantiu a medalha de ouro nos pesados após superar Lafayette Pinheiro na final, enquanto Paganini terminou com o bronze nos meio-pesados – o título ficou com Wellington Alemão.

Uma das principais atrações do Curitiba Open foi a estreia de Mica Galvão como faixa-preta nos eventos da CBJJ. O fenômeno do Jiu-Jitsu mostrou o seu já habitual jogo agressivo e finalizou todas as quatro lutas na competição para ficar com o ouro nos médios. Na final, o atleta da Fight Sports bateu Eduardo Alves.


Outros destaques das categorias

Ainda nas categorias, na faixa-preta, Italo Frota foi o campeão dos galos. Já nos plumas, Diogo Reis brilhou e saiu com a medalha dourada, assim como Julio Arantes nos penas e Alex Sodré nos leves. Nos super-pesados, Anderson Munis subiu ao lugar mais alto pódio. Por fim, Pedro Alex foi o vencedor nos pesadíssimos.

Já nas divisões femininas do Curitiba Open de Jiu-Jitsu, Jéssica Caroline venceu o peso-pluma, enquanto Dyná Sena os penas. Nos leves, Eduarda Sousa garantiu o primeiro lugar. Éricka Almeida confirmou o favoritismo nos médios e Graciele Del Fava garantiu a medalha dourada na categoria dos meio-pesados.

Destaque sem quimono

Nas disputas sem quimono, Pedro Alex, que já havia conquistado um ouro nas competições Gi, faturou mais dois títulos. O faixa-preta da GFTeam venceu os super-pesados sobre Wilson Júnior e o absoluto contra Diogo Oliveira. Já no feminino, Fernanda Mazzelli e Juliana Araújo fecharam peso e absoluto para a equipe Striker JJ.

Para conferir mais notícias sobre Jiu-Jitsu, clique aqui
Publicidade
Publicidade