Publicidade

Fellipe Andrew e Gabi Pessanha brilham no Europeu de Jiu-Jitsu e conquistam ouro duplo

O domingo (20) ficou marcado pelas disputas na faixa-preta adulto (masculino e feminino) no Europeu de Jiu-Jitsu

Fim de papo na edição de 2022 do Europeu de Jiu-Jitsu da IBJJF, em Roma, na Itália. O torneio voltou a ser disputado após dois anos por conta da pandemia de Covid-19. O domingo (20) ficou marcado pelas disputas na faixa-preta adulto (masculino e feminino) e terminou com dois atletas em destaque. Gabi Pessanha (Infight) e Fellipe Andrew (Alliance) brilharam na competição e conquistaram o tão cobiçado ouro duplo no campeonato.

Andrew confirma favoritismo

A final do absoluto na faixa-preta foi acirrada. Yatan Bueno tomou mais iniciativa nos primeiros minutos, e no berimbolo chegou a pegar o pé de Fellipe Andrew, mas só ganhou uma vatagem. Ambos os atletas foram capitalizando vantagens ao longo dos dez minutos de combate, mas o faixa-preta da Alliance apresentava mais alternativas. No fim, após empate em 2 a 2 nos pontos, Andrew garantiu o título por 4 a 2 nas vantagens.

Mais cedo, no duelo contra Vinícius Trator, também da Alliance, Andrew venceu por 5 a 0 nos pontos e se tornou campeão dos super-pesados. Agora, o pernambucano é tetracampeão europeu na faixa-preta adulto.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por IBJJF (@ibjjf)


Gabi Pessanha avassaladora

Na disputa pelo absoluto, Gabi Pessanha começou trabalhando por baixo, mas logo conseguiu a raspagem e os dois pontos. Pouco depois, Thalyta Lima tentou uma raspagem e ganhou uma vantagem. Em resposta, a atleta da Infight foi mais para o ataque e pegou as costas. Com 6 a 0 no placar, Gabi ajustou o jogo e finalizou com uma chave de braço. Vice no peso-aberto, Thalyta garantiu o título nos médios ao bater Erin Johnson.

Antes disso, na categoria dos super-pesados, a carioca da Cidade de Deus bateu Claire France-Thevenon. Com isso, Gabi confirmou o ouro duplo e os dois primeiros títulos como faixa-preta no Europeu de Jiu-Jitsu.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por IBJJF (@ibjjf)


Categorias masculinas

Favorito, Thalison Soares apresentou um grande jogo durante o Europeu de Jiu-Jitsu. O amazonense encarou na final Welerson Gonçalves e finalizou com um estrangulamento para ficar com o primeiro título do torneio na faixa-preta. Nos plumas, os parceiros de time na Cícero Costha Hiago George e Paulo Miyao fecharam.

Diego Sodré teve grande performance na final contra Isaac Doederlein, campeão em 2020, e conquistou o título nos penas com uma vantagem. Esse é o primeiro título do atleta da Nova União na competição como faixa-preta. Nos leves, Espen Mathiesen faturou o primeiro Europeu de Jiu-Jitsu ao vencer Marcelo Fausto.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por IBJJF (@ibjjf)


Em uma das finais mais esperadas do torneio, Tainan Dalpra levou a melhor sobre Tommy Langaker nos médios e finalizou o norueguês com uma chave de braço. É o primeiro título europeu do atleta da AOJ. O português Bruno Lima venceu o peso-meio-pesado ao superar Szilard Sule, em um duelo acirrado.

O título dos pesados do Europeu de Jiu-Jitsu foi para Adam Wardzinski. O polonês superou o norte-americano Dominique Bell nos pontos. É o primeiro ouro do casca-grossa da ChakMat na competição. Já o experiente Rafael Lovato Jr encarou o jovem Guilherme Bacha na final dos pesadíssimos e ficou com o primeiro lugar. O veterano venceu por pontos e faturou o segundo título na competição. O primeiro foi na edição de 2007.

Categorias femininas

Na disputa do peso-galo, Thaís Loureiro conquistou o título na decisão dos árbitros. A lutadora da Atos bateu Kaori Hernandez para conquistar o primeiro título do Europeu de Jiu-Jitsu na faixa-preta. Já no peso-pluma, a multicampeã Mayssa Bastos, da Unity, conquistou o tricampeonato no torneio ao finalizar Rose Sharouni.

Ana Rodrigues voltou a brilhar nos tatames europeus e conquistou o bi. A atleta da Dream Art derrotou Gabriela Pereira na pontuação para ficar com o ouro. Impondo o seu jogo de pressão e transição, Nathalie Ribeiro faturou a medalha dourada nos leves. A faixa-preta da CheckMat venceu Janaina Menezes por pontos.

A americana Margaret Grindatti, que havia sido vice em 2020, mostrou um jogo ofensivo nesta edição do Europeu de Jiu-Jitsu e conquistou o título. A atleta da Fight Sports derrotou Magdalena Loska por pontos.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por IBJJF (@ibjjf)


>> RESULTADOS DO EUROPEU DE JIU-JITSU:

– Faixa-preta / adulto / masculino

Peso-galo: Thalison Soares (Cícero Costha Internacional)
Peso-pluma: Hiago George e Paulo Miyao fecharam (Cícero Costha Internacional)
Peso-pena: Diego Sodré (Nova União)
Peso-leve: Espen Mathiesen (KMR BJJ Kimura)
Peso-médio: Tainan Dalpra (Art Of Jiu-Jitsu)
Peso-meio-pesado: Bruno Lima (AMA Jiu-Jitsu Team)
Peso-pesado: Adam Wardzinski (CheckMat)
Peso-super-pesado: Fellipe Andrew (Alliance)
Pesadíssimo: Rafael Lovato Jr. (Six Blades Jiu-Jitsu)
Absoluto: Fellipe Andrew (Alliance)

– Faixa-preta / adulto / feminino

Peso-galo: Thaís Loureiro (Atos Jiu-Jitsu)
Peso-pluma: Mayssa Bastos (Unity Jiu-Jitsu)
Peso-pena: Ana Rodrigues (Dream Art)
Peso-leve: Nathalie Ribeiro (CheckMat)
Peso-médio: Thalyta Lima (Qatar BJJ/Vision Brasil)
Peso-meio-pesado: Margaret Grindatti (Fight Sports)
Peso-super-pesado: Gabi Pessanha (Infight)
Absoluto: Gabi Pessanha (Infight)

Para conferir mais notícias sobre o Europeu de Jiu-Jitsu, clique aqui
Publicidade
Publicidade