Publicidade

José Aldo responde desafio feito por Popó e revela ‘condições’ para luta acontecer; saiba

Após ser desafiado por Popó, José Aldo responde, propõe luta nas regras do Kickboxing, mas também se mostra aberto para combate no Boxe; confira mais

No auge dos seus 46 anos, Acelino Popó Freitas retornou ao Boxe no último domingo (30), e após a luta contra Whindersson Nunes no Fight Music Show, não quis saber de perder tempo e lançou o desafio para enfrentar José Aldo, ex-campeão peso-pena do UFC, visando sua próxima luta no Boxe, indicando que quer continuar fazendo lutas na modalidade.

Após ser desafiado, José Aldo também não demorou a responder. Em entrevista ao site “Combate”, o lutador de 35 anos, que atualmente faz parte do plantel do UFC na categoria peso-galo, mostrou interesse em fazer um duelo diante de Popó, mas sugeriu ao tetracampeão mundial de Boxe que o combate aconteça nas regras do Kickboxing.

“Assim que acabou a luta, eu vi o desafio do Popó e todo mundo sabe que eu tenho muita vontade de me testar na nobre arte, apesar de no momento o meu foco estar totalmente voltado para ser campeão do UFC. Ao mesmo tempo, achei interessante o evento pela promoção do esporte e, como sabem, eu também sou muito apaixonado pelo Kickboxing, inclusive organizei eventos da modalidade. E esse foi um formato que o organizador trouxe da Tailândia, onde existem muitos campeonatos em que você mistura Boxe e Kickboxing, um round de cada, eu já tinha visto isso e ficado interessado”, contou Aldo.

Embalado por três vitórias consecutivas no UFC e cada vez mais próximo de uma disputa de cinturão no peso-galo, José Aldo foi além e revelou que seu empresário, Dedé Pederneiras, já foi procurado pela equipe de Popó visando a luta de Boxe.

“Logo após a luta, o filho do Popó mandou um e-mail para o Dedé (Pederneiras) querendo ver para a gente marcar esse confronto, e aí na hora a gente já lembrou dessa ideia e sugeriu para eles. Mas parece que eles não ficaram muito interessados, não sei se ficaram com medo, mas não quiseram nesse formato. Antes de tudo, eu preciso de uma liberação do UFC para que isso aconteça”, esclareceu o ex-campeão peso-pena do UFC, que por fim, ressaltou que poderia aceitar também uma luta com Popó nas regras do Boxe.

“Mas se tiver que ser no Boxe, eu faria também. Só que tem uma coisa, eu não faço luta de exibição, para mim teria que ser um combate com regras profissionais e chancelada por uma Liga. Inclusive, eu estou fazendo parte de uma organização que está montando uma liga de Boxe, pode ser por ela, inclusive. Conversei com o Dedé, que vai falar com o Dana White em Las Vegas”, concluiu.

Para conferir mais notícias de José Aldo e Popó Freitas, clique aqui
Publicidade
Publicidade