Publicidade

Luta entre Whindersson Nunes e Popó termina em empate no Boxe; Minotouro e Esquiva vencem

Durante toda a luta, mesmo em "ritmo de treino", o tetracampeão mundial Popó foi amplamente superior ao youtuber Whindersson Nunes

Muito aguardada pelos fãs, a luta entre Whindersson Nunes e Acelino Popó Freitas, realizada neste domingo (30), no main event da primeira edição do evento Fight Music Show, terminou em empate. Após oito rounds de combate, sem nocaute, o duelo terminou sem um vencedor, justamente por ser uma luta de exibição.

No entanto, durante toda a luta, mesmo em “ritmo de treino”, Popó foi amplamente superior a Whindersson Nunes. O humorista até que conseguiu conectar alguns golpes, mostrou resistência, boa esquiva e movimentação, mas esteve longe de apresentar perigo ao tetracampeão mundial de Boxe, que teve o duelo sob seu controle durante todo o tempo.

O evento, realizado em Balneário Camboriú (SC), ainda teve outras atrações de peso. Ex-lutador do UFC, Rogério Minotouro fez um duelo eletrizante diante de Leonardo Guimarães e saiu vencedor na decisão unânime. Já o medalhista olímpico Esquiva Falcão superou o ex-BBB Yuri Fernandes por nocaute técnico (interrupção médica) após um desempenho dominante.

Luta entre Whindersson Nunes e Popó termina em empate

Como já era esperado, Popó Freitas iniciou a luta melhor sobre Whindersson Nunes, com bons jabs e diretos, levando claramente a melhor no primeiro round, assim como no segundo assalto, onde o tetracampeão mundial seguiu usando e abusando dos seus golpes retos e combinações envolvendo diretos e cruzados na linha de cintura do Youtuber. Na terceira parcial, Popó seguiu dominante, com ótima movimentação e golpes precisos, enquanto Whindersson pouco golpeava.

No quarto round, Whindersson Nunes mudou sua postura e passou a conectar mais golpes sobre Popó, levantando a torcida presente. No quinto round, o humorista continuou caminhando para frente, enquanto o tetracampeão mundial concentrava seus golpes na linha de cintura do adversário. No sexto round, um direto de direita aplicado por Popó balançou Whindersson Nunes, fazendo o árbitro abrir contagem. Na sequência, o árbitro abriu contagem novamente, dessa vez após um forte uppercut aplicado pelo baiano sobre Whindersson.

Acelino Popó Freitas seguiu explorando os golpes na linha de cintura no sétimo assalto, aproveitando-se do desgaste apresentado por Whindersson Nunes. No oitavo e último round, os dois atletas empolgaram o público com um show de golpes e esquivas. No fim, após oito rounds de confronto, os árbitros decretaram empate. Vale ressaltar que, por ser uma luta de exibição, o duelo terminou sem um vencedor, por mais que a superioridade de Popó no confronto tenha sido evidente.

Em luta insana, Rogério Minotouro derrota Leonardo Guimarães

Rogério Minotouro começou a luta melhor, conectando bons golpes de esquerda sobre Leonardo Guimarães. “Leleco” reagiu na reta final do primeiro round e equilibrou as ações. No segundo assalto, os dois lutadores foram para a trocação franca e animaram o público com uma sequência impressionante de golpes, com clara vantagem para Minotouro. Na terceira parcial, o equilíbrio entre os atletas voltou a prevalecer, com Leonardo aplicando uma sequência maior de golpes.

No quarto round, Rogério Minotouro foi melhor no geral e chegou a abrir um ferimento abaixo do olho esquerdo do seu adversário. “Leleco” voltou a reagir no quinto assalto e ambos foram novamente para a trocação insana, mantendo o duelo bem equilibrado. Já no sexto round, os atletas já apresentaram um desgaste maior e conectaram menos golpes, enquanto no sétimo assalto, Leonardo Guimarães voltou a apresentar maior volume de golpes.

No último e decisivo round, os dois lutadores já estavam no limite físico e pouco golpearam. Com isso, a luta foi para a decisão dos árbitros, que decretaram a vitória

Esquiva Falcão supera o ex-BBB Yuri Fernandes

Com larga experiência no Boxe, Esquiva Falcão dominou as ações desde os primeiros segundos da luta contra Yuri Fernandes, mostrando boa movimentação e pressionando o adversário contra as cordas, além de conectar bons diretos e cruzados. No segundo round, o ex-BBB apresentou uma postura mais ofensiva, mas o medalhista olímpico voltou a assumir o controle do combate e chegou a aplicar uma longa sequência de golpes, conseguindo belas combinações.

No terceiro assalto, Esquiva Falcão aumentou ainda mais o volume dos seus golpes, enquanto Yuri Fernandes se via obrigado a recuar, tamanha ofensividade de Esquiva. No quarto round, o medalhista olímpico seguiu ofensivo e, com um forte golpe de esquerda, levou o ex-BBB a knockdown, fazendo o árbitro abrir contagem. Claramente dosando a força dos seus golpes e até mesmo o seu ritmo, Esquiva Falcão manteve o domínio e continuou ditando as ações da luta, sem ser atacado.

No sexto e último round, Esquiva Falcão aplicou mais uma sequência de golpes e levou Yuri Fernandes ao chão novamente. Com sangramento no supercílio esquerdo e bastante desgastado, o ex-BBB bem que tentou, mas não conseguiu continuar na luta, fazendo o árbitro interromper o confronto. Com isso, Esquiva saiu vencedor por nocaute técnico.

RESULTADOS COMPLETOS:

Fight Music Show
Balneário Camboriú, em Santa Catarina
Domingo, 30 de janeiro de 2022

Card principal
Popó Freitas x Whindersson Nunes terminou em empate (Boxe)
Rogério Minotouro derrotou Leonardo Guimarães por decisão unânime dos jurados (Boxe)
Esquiva Falcão derrotou Yuri Fernandes por nocaute técnico (interrupção médica) no 6R (Boxe)
Andressa Romero derrotou Stephanie Luciano por decisão unânime dos jurados (MMA)

Card preliminar
Higor Merlin derrotou Matheus Aires por decisão unânime dos jurados (Kickboxing)
Marco Túlio derrotou Glaico França por nocaute técnico no 2R (MMA)
Marcelo Marques derrotou Pedro Machado por decisão unânime dos jurados (MMA)
Mario Sousa derrotou Antônio Gordilho por nocaute técnico no 1R (MMA)

Para conferir mais notícias de Whindersson Nunes e Popó Freitas, clique aqui
Publicidade
Publicidade