Publicidade

Pato vence GP do EUG, Mesquita triunfa no WNO, Gordon retorna e destaques do Nashville Open; confira

A fase de Diego Pato segue brilhante. Após conquistar o título do Mundial No-Gi neste mês de outubro, o lutador se desafiou no GP sem quimono do EUG 3, nos Estados Unidos, na divisão dos leves. O atleta saiu com o título e o prêmio de US$ 10mil (aproximadamente 55 mil reais).

A caminhada de Pato no torneio começou com um triunfo sobre Alika Villiatora nas quartas de final por 9 a 0, com um show de Wrestling. Já na sequência, pela semifinal, encontrou o também brasileiro Gabriel Sousa. Após empate em 0 a 0, venceu na decisão dos árbitros. A grande final foi contra o experiente Gianni Grippo, também via decisão da arbitragem devido ao empate em 2 a 2. Essa foi a primeira derrota do lutador da Alliance em 2021, nas competições sem quimono.

Mesquita e Gordon brilham no WNO

No fim da última semana, também nos Estados Unidos, foi realizada mais uma edição do Who’s Number One, com três disputas de cinturão e o retorno da estrela Gordon Ryan. A brasileira Bia Mesquita bateu Luiza Monteiro para ficar com o título peso-galo. Já no peso-mosca, a britânica Ffion Davies se sagrou campeã ao superar a brasileira Nathalie Ribeiro por decisão unânime.

No peso-galo masculino, Mikey Musumeci finalizou Richard Alarcón para ficar com o título. Já na luta de exibição, Gordon Ryan, qu estava enfrentando problemas de saúde, retornou aos tatames e venceu Philip Rowe, que é atleta do UFC. Vale destacar que todos os confrontos foram No-Gi.

Destaques do Nashville Open da IBJJF

O fim de semana teve também o Nashville Open da IBJJF, nos Estados Unidos. Na faixa-preta adulto, com quimono, Rafael dos Anjos, da Alliance, conquistou o título no absoluto e o bronze na divisão dos pesados. Outros destaques foram Tainan Dalpra (médios), Johnatha Alves (leves) e Carlos Alberto Oliveira (pluma). Entre as mulheres, Kristin Mikkelson foi campeã ouro duplo.

Já nas disputas sem quimono, Gabriel Almeida, da Gracie Barra, foi quem se destacou na faixa-preta. O lutador levou para casa a medalha de ouro no absoluto e o bronze no peso-pesado.

Publicidade
Publicidade