Publicidade

Seletiva brasileira do ADCC em Balneário Camboriú (SC) tem domínio da Fight Sports

O time liderado por Cyborg - que marcou presença no evento - conquistou quatro das cinco vagas da seletiva

Durante o sábado (5), em Balneário Camboriú, Santa Catarina, aconteceu a seletiva do ADCC 2022 no Brasil. O evento distribuiu cinco vagas – todas masculinas – para a edição do evento em Las Vegas (EUA), nos dias 17 e 18 de setembro, com passagens e hospedagens pagas. A equipe que brilhou na competição foi a Fight Sports.

O time liderado por Roberto Cyborg – que marcou presença no evento ao lado de outras importantes lideranças da equipe, como Viktor Dória e Mequil Galvão – conquistou quatro das cinco vagas da seletiva.

Os responsáveis pelo feito foram Diogo Reis campeão até 66kg, Mica Galvão dominante na categoria até 77kg, João Costa ouro até 99kg e Roosevelt Souza completou o domínio da equipe com o título +99kg. Além disso, Fabrício Andrey, André Porfírio e Viktor Dória foram ao pódio e conquistaram o terceiro lugar.

No Instagram, Cyborg comentou sobre o feito da Fight Sports na primeira seletiva brasileira em Santa Catarina: “Dominante no ADCC Trials Brasil. Ganhamos 4 das 5 divisões. Acredito que algo nunca feito antes por nenhuma equipe. Parabéns a todos os nossos treinadores, em especial ao professor Melqui Galvão pelo incrível trabalho e a todos os atletas por lutarem com tanto coração para defender a bandeira”, escreveu o atleta.

As categorias femininas não tiveram vagas no ADCC 2022 em Las Vegas (EUA), nesta primeira qualificatória em Balneário Camboriú. No próximo fim de semana, sábado (12), em São Paulo, acontece a segunda e última seletiva em solo brasileiro. Serão mais cinco vagas masculinas e – desta vez – duas femininas. Saiba, aqui.

>> FINAIS DA SELETIVA BRASILEIRA DO ADCC:

>> Masculinas

Até 66kg: Diogo Reis derrotou Diego Pato por decisão dos árbitros
Até 77kg: Mica Galvão finalizou Magid Hade com um triângulo
Até 88kg: Isaque Bahiense derrotou Claudio Calasans que sofreu duas punições
Até 99kg: João Costa derrota Henrique Ceconi por decisão dos árbitros
Acima de 99kg: Roosevelt Souza finalizou Pedro Alex com uma chave de panturrilha

>> Femininas

Até 66kg: Diana Torquato derrotou Jinana Sais por 3 a 0 nos pontos
Acima de 66kg: Rebecca de Albuquerque finalizou Larissa Severo com um mata-leão

Para conferir mais notícias sobre ADCC, clique aqui
Publicidade
Publicidade