Publicidade

UFC Vegas: Islam Makhachev vence Green e se aproxima do cinturão; três brasileiros vencem no card

Pupilo de Khabib, Islam Makhachev tem vitória dominante na luta principal do UFC Vegas 49; três brasileiros vencem no card deste sábado

Realizado neste sábado (26), em Las Vegas, nos Estados Unidos, o UFC Vegas 49 confirmou o ótimo momento de Islam Makhachev. Fazendo a luta principal da noite, o russo – pupilo de Khabib Nurmagomedov – não tomou conhecimento de Bobby Green e derrotou o americano por nocaute técnico ainda no primeiro round, se aproximando ainda mais da sonha chance de lutar pelo cinturão peso-leve da organização.

Fazendo a luta co-principal da edição, pela divisão peso-médio, Wellington Turman também fez bonito. Em ação diante do experiente Misha Cirkunov, o brasileiro colocou em ação seu bom Jiu-Jitsu e finalizou o adversário com uma bela chave de braço no segundo round do combate, para alegria de Glover Teixeira, campeão meio-pesado do Ultimate, que estava em seu córner.

Além de Wellington Turman, outros três brasileiros entraram em ação no UFC Vegas 49. No card principal, Priscila Pedrita derrotou a coreana Ji Yeon Kim, enquanto Gregory “Robocop” Rodrigues acabou sendo superado por Armen Petrosyan. Já no card preliminar, a peso-pena Josiane Nunes teve bom desempenho e superou a estreante Ramona Pascual.

Islam Makhachev nocauteia Green e se aproxima do cinturão

Grande favorito na luta, Islam Makhachev não demorou a levar a luta para a sua especialidade, o grappling, e não teve dificuldades para derrubar Bobby Green. Muito confortável na posição, o russo, então, passou a aplicar uma sequência forte de golpes no ground and pound sobre o americano, que não teve opção de defesa, tamanha velocidade nos golpes por parte de Makhachev. Com isso, o árbitro interrompeu o confronto, declarando Islam vencedor por nocaute ainda no primeiro round.

Com a expressiva vitória, Islam Makhachev, que é pupilo do ex-campeão peso-leve Khabib Nurmagomedov, emplacou seu décimo triunfo consecutivo no UFC. Com o grande resultado, o russo se credenciou ainda mais como postulante ao cinturão peso-leve da organização, que atualmente pertence ao brasileiro Charles do Bronx. Com 30 anos, Makhachev possui agora um cartel de 22 vitórias e apenas uma derrota no MMA profissional.

Wellington Turman brilha e finaliza Cirkunov

Sem perder tempo, Wellington Turman iniciou o duelo contra Misha Cirkunov buscando levar a luta para sua especialidade, a luta agarrada. O brasileiro grudou nas costas do adversário e, com boa técnica, conseguiu aplicar o mata-leão, que foi bem defendido por Cirkunov. O curitibano ainda sobreviveu a um estrangulamento norte-sul no fim do primeiro round.

Misha começou o segundo assalto aplicando a queda sobre Wellington Turman, mas atento, o brasileiro voltou a usar sua técnica no Jiu-Jitsu e, de forma bem rápida, aplicou uma bela chave de braço, forçando a desistência imediata do oponente. Com o ótimo resultado, Turman conquistou sua segunda vitória seguida na organização.

Priscila Pedrita leva a melhor sobre sul-coreana

Priscila Pedrita e Ji Yeon Kim começaram a luta de forma bem cautelosa, com poucos golpes na trocação. A ação mais efetiva veio por parte da brasileira, que pressionou a adversário e conectou bons golpes, enquanto a sul-coreana buscava o contra-ataque. No segundo round, o confronto seguiu “morno”, com Priscila tendo uma leve superioridade na luta em pé, por conta do maior volume de golpes. Na reta final da parcial, todavia, Yeon Kim apertou o ritmo e igualou as ações.

No terceiro e último round, as lutadores botaram fogo na luta e foram para a trocação franca, e em um dos golpes, a sul-coreana fez Priscila Pedrita “balançar”. Sentindo o bom momento, Ji Yeon Kim seguiu partindo pra cima, mas viu a brasileira se recuperar nos minutos finais, com bons golpes na curta distância. No fim, após um combate intenso, o esforço de Priscila Pedrita foi recompensado, e a brasileira foi declarada vencedora na decisão unânime dos jurados e conquistou sua terceira vitória nas últimas quatro lutas pelo UFC.

Armeno põe fim à invencibilida de Gregory Robocop no UFC

Fazendo a primeira luta do card principal, Gregory “Robocop” Rodrigues começou o duelo tentando controlar o centro do octógono. Aos poucos, Armen Petrosyan passou a aplicar mais golpes, mesmo pressionado contra a grade, e levou a vantagem no primeiro round. No segundo assalto, o brasileiro adotou um estilo mais agressivo e teve bons momentos na trocação, carro-chefe do seu oponente. O atleta da Armênia voltou a desferir bons golpes no decorrer da parcial, conseguindo boas combinações envolvendo socos e chutes.

No último minuto, enfim, o amazonense conseguiu a queda, mas rapidamente o armeno colocou a luta em pé novamente. No terceiro e último round, Gregory “balançou” Petrosyan com um belo chute, e na sequência levou a luta para o chão. Resistente, Armen conseguiu levantar mais uma vez, levando o confronto para a trocação franca, deixando o embate emocionante. No fim, após um duelo bem equilibrado, Armen Petrosyan saiu vencedor na decisão dividida, e o brasileiro sofreu sua primeira derrota lutando pelo UFC.

Josiane Nunes supera estreante no card preliminar

O início da luta foi eletrizante e, de cara, animou os fãs, com Josiane Nunes e Ramona Pascual entrando na trocação franca. Na sequência, a brasileira seguiu em modo ofensivo e levou a adversária a knockdown após uma “bomba” de esquerda, seguido de mais alguns golpes até o fim do primeiro round. No segundo assalto, Josiane continou partindo para cima e, após mais um forte golpe de esquerda, voltou a levar a atleta de Hong Kong a knockdown, e depois conectou mais alguns golpes no ground and pound.

No terceiro e último round, ciente da sua vantagem, Josiane Nunes apenas manteve a distância na trocação e seguiu dominante em suas ações. No fim, após três rounds, a brasileira saiu vencedora na decisão unânime e segue invicta lutando pelo UFC, agora com duas vitórias.

RESULTADOS COMPLETOS:

UFC Vegas 49
UFC Apex, em Las Vegas (EUA)
Sábado, 26 de fevereiro de 2022

Card principal
Islam Makhachev derrotou Bobby Green por nocaute técnico no 1R
Wellington Turman finalizou Misha Cirkunov com uma chave de braço no 2R
Priscila Pedrita derrotou Ji Yeon Kim por decisão unânime dos jurados
Arman Tsarukyan derrotou Joel Alvarez por nocaute técnico no 2R
Armen Petrosyan derrotou Gregory Robocop por decisão dividida dos jurados

Card preliminar
Ignacio Bahamondes finalizou Rong Zhu com uma guilhotina no 3R
Josiane Nunes derrotou Ramona Pascual por decisão unânime dos jurados
Terrance McKinney finalizou Fares Ziam com um mata-leão no 1R
Jonathan Martinez derrotou Alejandro Perez por decisão unânime dos jurados
Ramiz Brahimaj finalizou Micheal Gillmore com um mata-leão no 1R
Carlos Hernández derrotou Víctor Altamirano por decisão dividida dos jurados

Para conferir mais notícias sobre o UFC, clique aqui
Publicidade
Publicidade